segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Dia 15 de janeiro é dia do cobrador!



     A profissão de cobrador começou a existir no início do transporte público em Porto Alegre. No final do século XIX, quando o transporte na cidade ainda era feito por bondes de madeira puxados por mulas, foi visto que era necessário um profissional que auxiliasse o motorista em suas funções. O cobrador da época (chamado de conductor ou trocador), ajudava a colocar o “bonde na linha” quando este descarrilava, desempacava as mulas que puxavam os bondes e, ainda por cima, cobrava os passageiros. Sendo que muitos dos transportados pulavam do bonde em movimento, se negando a pagar!
     Já no tempo dos bondes elétrico, muitas responsabilidades continuavam "caindo nos ombros" do conductor (como os cobradores eram conhecidos na época). Se a vara de metal desengatasse dos cabos de luz, o conductor ia lá fora arrumá-los, os "espertinhos" que tentavam descer do bonde sem pagar a passagem tinham que se entender com o conductor, além disso, havia quem colocasse objetos nos trilhos só para ver o bonde descarrilar (brincadeiras infantis da época) e o conductor a xingar. 
         Nos ônibus antigos, ele era chamado de "trocador", enrolava as cédulas de dinheiro entre os dedos e sua mão parecia um leque feito de dinheiro. Faz pouco tempo que inventaram a roleta e um assento para facilitar a vida do cobrador, até então as viagens eram feitas em pé por esse profissional.      
         Se os tempos eram difíceis no passado para o nosso amigo cobrador, hoje os problemas são outros, mas continuam exigindo muito profissionalismo e dedicação dos nossos colegas. O trânsito estressante, os assaltos, a pouca paciência de muitos que já chegam no ônibus cansados e estressados, são alguns dos problemas que o cobrador enfrenta em sua rotina de trabalho. Neste seu dia e em todos os outros, vamos lembrar de agradecer e homenagear esse profissional que está diariamente contribuindo com a nossa locomoção. Um bom dia, um muito obrigado, são termos simples, mas que fazem toda diferença no dia-dia! Obrigado cobrador (a) pelo seu dia, seu trabalho é muito importante para todos nós!
 

  
Tripulação bonde da Carris no ano de 1945.


Conductor na década de 1940.

Nenhum comentário: