terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Escola Primeiro de Maio


<><>Essa semana é a última de visitas do Memória este ano. A maioria das escolas já está entrando em recesso e nos colégios já podemos sentir as expectativas das férias que se aproximam. Amanhã visitamos a escola técnica Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e sexta uma instituição infantil no Higienópolis. Ontem fomos à Escola Normal Primeiro de Maio.
<><>Este colégio tem algo peculiar em relação a outras que visitamos geralmente. É uma instituição que foi tradicionalmente de meninas e tem atualmente 74 anos de história. O prédio fica na Presidente Roosevelt, no bairro Navegantes, Zona Norte de Porto Alegre. Formava, no início de sua construção, normalistas, professoras que se dedicavam ao ensino de pré à quarta série. Hoje, embora o nome da escola continue como Escola Normal Primeiro de Maio, o nome do curso mudou e se intitula Magistério.
<><>A região em torno do local, quando foi inaugurado, era caracterizada pela imigração alemã (assim como o IAPI) e por ser uma região industrial. A inauguração dos antigos trens, em 1874, dinamizou o bairro e o interligou com as cidades vizinhas. Contudo, ele me chamou a atenção por na frente dele, há algumas décadas, passar uma linha de bondes da Carris.
<><>Hoje, em frente ao colégio tem uma parada de ônibus, exatamente onde havia uma de bonde há algumas décadas. Em frente à escola transitava a linha de bondes Navegantes, que ia do bairro à Praça Senador Florêncio (Alfândega), no centro da Capital. A ligação com o Centro traria o desenvolvimento para o bairro, além de mais alternativas para a população, majoritariamente operária.
<><>Nós temos duas lindas fotos dos elétricos transitando em frente a esta escola. É um bonde modelo Worcester, que veio na última aquisição da Carris em 1946. Desses vieram 25 para a Capital, tinham capacidade para 44 passageiros e eram dos maiores, com dois trucks. Uma das fotografias que possuímos é colorida e foi doada pelo José Kieling Franco.
<><>Havia planejado levar uma das fotos para mostrar para as turmas que visitassem o Memória. No entanto, na correria acabei esquecendo, mesmo assim convidei os alunos a visitarem nossa página para visualizarem as fotos antigas de sua instituição. Uma forma de conhecer as interligações entre o passado do transporte e o de seu próprio colégio. As linhas do passado sempre se interligam, num conjunto que dá sentido ao presente.
<><>Acima foto do bonde em frente à escola.

Um comentário:

nitaibezerra disse...

Transporte público, uma solução comum que favorece a maioria. Vejam o que estão fazendo para melhorar o nosso sistema de transporte público. www.onibusrecife.com.br